Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 19, 2016

O TEMPO E A HISTÓRIA, PARTE 3 ( AGOSTINHO)

Agostinho de Hipona é mais conhecido como Santo Agostinho. Ele foi um grande pensador. Teólogo e filósofo do século IV da era Cristã. Depois de muito peregrinar encontrou paz e repouso nas Escrituras cristãs. Entre as suas obras estão as confissões e a Cidade de Deus.    O tempo para Agostinho é inexplicável. As suas palavras em relação ao tempo é de que " se alguém perguntasse sobre o tempo ele não poderia explicar embora soubesse o que era o tempo." Para o pensador de Hipona o tempo era como um relógio e nós como o ponteiro deste mesmo relógio. Ora, como o ponteiro do relógio iria explicar as horas? explicar o próprio processo da hora? não tinha como fazê-lo. Ademais, o tempo é indescritível. Não podemos expressá-lo em palavras. E se com o tempo é assim. Imagine com a eternidade. Este eterno agora, como diria Agostinho. Deus , portanto, está além do tempo. Ele é um ser atemporal.    Agostinho dizia que falar do tempo é complexo pelo fato de o presente é algo que não se pode …

O TEMPO E A HISTÓRIA, PARTE DOIS

A ideia de tempo varia. É um assunto abstrato. Tempo é aporia. Platão foi um dos maiores pensadores da História. A sua influência no mundo é alarmante. Todo pensamento, ocidental principalmente, revela a sua influência. Entre bilhões que nasceram e morreram, ele é um destaque.    Ora, este filósofo asseverava que existe um mundo ideal. Um mundo no qual as ideias perfeitas dão origem a este mundo em que vivemos: o mundo sensorial. Se existe raposa, é porque existe a raposa. Se existe árvores é porque existem as árvores, e por ai vai. O seu pensamento chama-se dualismo. O mito da caverna mostra isto claramente. A realidade é eterna. O nosso mundo é sensorial. O nosso mundo é finito, transitório. A verdadeira realidade está no mundo das ideias. O mundo das eternidades. Nós somos uma hibridização de mundo das ideias e mundo sensorial. " O tempo é a imagem móvel da eternidade"( Platão). Nem todos compreenderão a realidade, apenas os filósofos. Quem está mais inclinado para o mu…