Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 20, 2012

PRECONCEITO, DISCRIMINAÇÃO, RACISMO E ETNOCENTRISMO

Existe uma diferença básica, nas ciências sociais, entre preconceito e discriminação.Também falarei um pouco sobre o etnocentrismo e como ele continua vivo.
   O conceito de preconceito é subjetivo, ou seja, ele ocorre na interioridade humana, isto significa dizer que ele  " é uma atitude cultural positiva ou negativa dirigida a membros de um grupo ou categoria social" (Dicionário de Sociologia, guia prático da linguagem Sociológica, Allan G. Johnson, pág. 180 , ed Zahar.) Isto posto, podemos compreender que o preconceito tem haver com valores, crenças, está , assim, ligado ao nosso íntimo.    Já o termo discriminação tem relação objetiva, ou seja, ele é uma espécie de prática do preconceito. Enquanto este é subjetivo, aquele é objetivo. Isto quer dizer que na prática eu discrimino alguém, com base em um preconceito instalado em mim. É simples entender.    E o etnocentrismo?    Está mais vivo do que nunca.    Todos nós temos, em graus variados, um pouco de etnocentria.  …

NEOLÍTICO , A PEDRA POLIDA

Após o período Paleolítico, começa o Neolítico ou pedra polida (cerca de 6.000 antes de Cristo). Discorrerei sobre algumas caractérísticas desta fase.
   Em primeiro lugar a ECONOMIA COLETORA  dar lugar a uma ECONOMIA PRODUTORA, ou seja, surge a agricultura e a pecuária, a criação de porcos , cabras, gado, entre outros animais. Começa o cultivo de trigo e cevada, principalmente. O ser humano passa a se sendentarizar, aos poucos. Com o desenvolvimento da agricultura, surge o excedente, logo, a necessidade de estocagem, surge, assim, a pessoa do escriba para contabilizar o movimento , as transações comerciais.    Outra característica é o aparecimento do soldado, para proteger caravanas, isto posteriormente vai fazer surgir o exército juntamente com o surgimento do Estado. Surgem as classes sociais e as estruturas de poder, dominantes e dominados. A pessoa do sacerdote passa a ter grande importância. (isto lembra o paganismo atual , com sua ênfase à pajelança).    Surgiu também o especia…

PALEOLÍTICO, A PEDRA LASCADA

Com o surgimento do ser humano surge o chamado período Paleolítico ou período da pedra lascada. Discorrerei sobre algumas características desta época.
   Em primeiro lugar, nós temos o domínio do fogo por parte do homem , ou seja, ele passa manipular esta força física, primeiramente com o auxílio da natureza, depois criando-o, com o atrito de pedras. Isto vai ser de grande vantagem, pois, ele irá afugentar animais, se aquecer , etc.
   Neste período ele passa a ter uma ECONOMIA DE COLETA, ou seja, colhe frutos, raízes,etc. Um artesanato rudimentar ele aprende, fazendo roupas com peles de animais. Vive em bandos, e mora em cavernas ou cabanas primitivas, rústicas. No paleolítico superior ele produz armas mais sofisticadas , o arco e a flecha , por exemplo, o primeiro instrumento composto. É neste período que ele passa a ter consciência de si e do outro, do tu. Enterra seus próprios mortos, e possui um ritual mágico - religioso.    Vale lembrar que a imagem de Deus está nele impregnada e o…

ONANISMO

A teologia moral da igreja é neurótica, muitas vezes. A História comprova o que eu digo. É fato irrefutável. A ética se transforma em moralismo refletindo a doença religiosa, a culpa neurótica e problemas sexuais não resolvidos.
  O onanismo é um desses exemplos.
   Só para lembrar: Onã foi um filho de Judá, que, não querendo suscitar descendência ao seu irmão, para cumprir a lei do levirato, toda vez que transava com sua esposa, viúva do seu irmão, praticava o coito interrompido, ou seja, derramava o sêmen fora dela. Literalmente, gozava fora. Isto posto, quero dizer o seguinte: A igreja ao longo dos séculos, se intrometeu na intimidade dos casais. O  termo onanismo é aplicado erradamente a masturbação, visto que Onã não se masturbou, praticou o coito interrompido. Tomás de Aquino chegou a dizer que praticar a masturbação era pior do que transar com a mãe. Pura loucura. Disse isto porque a doutrina da igreja era a de que o sexo destina-se a procriação e não ao prazer, portanto des…