Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 8, 2017

A QUEDA ( GÊNESIS).

"Um conto não de todo improvável". Esta frase é do C. S. Lewis. Uma história de caráter mítico ao estilo Sócrates, ou seja, com probabilidades de verdades factuais. De todo modo, temos verdades reveladas. O mito ele traz em si mesmo esta possibilidade. A possibilidade da veracidade.     O homem foi criado com liberdade. Esta a única possibilidade de criação existente quando se fala de um ser moral. "Deus estava encurralado nesta possibilidade". ( não me tome por herege, as palavras são limitadas quando se fala de um ser infinito). De qualquer maneira, só é possível amor, vontade deliberada, alegria, quando não há máquinas, e sim seres humanos. Foi um "risco" que Deus quis correr ( claro, ele sabia o final). Onde há liberdade, há possibilidade do mau uso desta liberdade. Pecado é liberdade mau usada. Por isso o Cordeiro foi morto antes de toda criação. A criação vem depois da redenção. Criação entra no mundo da graça eterna. O ser humano não é gerado, ma…

SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO(Shakespeare).

Em Atenas, uma lei dizia claramente que alguém poderia casar a sua filha com quem desejasse. Até pena de morte poderia ser evocada para quebra de tal lei.   Egeu queria casar sua filha Hérmia com Demétrio. Ela não queria. Amava a Lisandro. Helena amava Demétrio e era amiga de Hérmia. Esta, por sua vez, alegava ao pai que não podia casar com alguém que era amado por sua amiga ( Helena). Ademais, dizia ao pai, gostava de Lisandro. O rei de Atenas lhe deu 4 dias, no máximo, para o casamento. Lisandro falou com Hérmia a fim de fugirem para um bosque, e de lá, para casa de uma tia, fora das fronteiras de Atenas, e, portanto, livre da lei. Ela aceitou.   Helena , que sabia da trama, contou tudo a Demétrio. Este foi ao encalço da dupla apaixonada. Helena o seguiu. No bosque, um certo Robin(Puck) um auxiliar de um rei dos duendes chamado Oberon espremeu um sumo de rosa chamado amor- perfeito nos olhos de Lisandro, que ficou apaixonado por Helena. Hérmia ficou confusa. O suco da rosa também foi …

I e II CARTA AOS TESSALONICENSES

As cartas de Paulo à igreja de Tessalônica foram os primeiros escritos do Novo Testamento. Elas foram produzidas por volta de 50 d.C. a partir de Corinto.   O livro de Atos dos Apóstolos, escrito por Lucas, mostra no capítulo 17 que Paulo chega em Tessalônica durante a sua segunda viagem missionária, depois que deixou Filipos ( Ver o meu artigo sobre os Filipenses).    A cidade de Tessalônica era uma cidade portuária. Fazia parte da província da Macedônia, aliás, era a capital de um dos seus distritos. A cidade foi batizada por este nome no século IV a.C. por Cassandro, um rei macedônio que era casado com Tessalônica, uma irmã de Alexandre , O Grande.     Havia uma sinagoga na cidade. Paulo pregou aos judeus nela, como era seu costume. Mulheres importantes se converteram. Ademais, existia alguns que conheciam Paulo, entre eles, Jasom, Aristarco e secundo (não, não é segundo, é secundo mesmo). Alvo de perseguição, Paulo sai da cidade, e, tempos depois, envia Timóteo, seu cooperador.    …